Arquivos

Descobrindo o Brasil: Porto Seguro – Bahia

Oi pessoal, tudo bem?

O verão tá chegando, e todo mundo louco para viajar nas férias, não é mesmo?

Por isso hoje vou falar de uma experiência muuuito legal: Porto Seguro.

Primeiro eu vou falar uma coisa pra vocês, se puder, vá em baixa temporada! Mas, se como eu, você só pode ir em alta temporada, tenho algumas dicas.

Viajei com meu marido depois do Natal e passamos a virada do ano lá. Fomos de carro do Rio de Janeiro, demoramos um dia inteiro, paramos pra dormir e chegamos lá 12h do dia seguinte. A primeira dica é: Trace sua rota antes de sair e JAMAIS saia dela. Digo isso porque só demoramos esse tempo todo porque erramos o caminho e acabamos perdendo a primeira diária do hotel.

Mas fora isso foi só alegria! Os preços lá estavam um absurdo, porque nessa época eles só fazem pacotes de 5 ou 6 dias. Ficamos no Pontal Praia Hotel:

DSC_1567

O hotel não é nada de muito luxo, mas é bem limpinho, o que pra mim é o mais importante. É bem confortável e nós fomos muito bem recebidos, além de ter sido um preço razoável. Ele fica na praia do Mundaí, próximo ao bar Toa Toa. É meio afastado do centro, mas bem próximo da praia mais badalada de Porto Seguro.

O centro de Porto Seguro não tem praia limpa e é basicamente uma rua com bastante comércio e pousadas. Perdoem, mas eu não tirei foto. Tem também a famosa Passarela do Álcool, que é bem legal de noite, com bares e muita música, e claro, muita barraca de bebidas alcoólicas.

A praia mais badalada é a que tem o bar do Axé Moi, que é a Praia de Taperapuan. Conhecemos também Santa Cruz Cabrália e a Praia de Santo André.

DSC_1461_Fotor_Collage

Pra chegar nessa Vila de Santo André, tem que atravessar o Rio de balsa:

DSC_1524

Não lembro bem, mas acho que é uns 20 reais para atravessar o carro e não adianta que não tem outra “estrada”. Mas é bem legal e diferente do que temos aqui no Rio.

Do outro lado de Porto Seguro tem Arraia d’Ajuda que também tem que atravessar de balsa. Mas vale muito a pena porque o lugar é simplesmente incrível. Essa é a praia de Pitinga:

DSCN0154_Fotor_Collage2

Tem vários restaurantes e a comida é sensacional! Tem o mar e o um Riozinho atrás, muito legal! E bem no fim da tarde, quando a maré está baixa, dá pra ver os corais na beira:

DSCN0207

Nós também fomos em Trancoso, acho que o lugar mais bonito da região. Fica mais ou menos 1h30 do centro de Porto Seguro, indo de carro. Lugar maravilhoso. As casinhas antigas, a igreja de São João Batista. Pra descer para praia tem um caminho que atravessa um mangue por uma ponte de madeira. Assim que chegamos pela manhã, o mangue estava completamente vazio e dava pra ver o chão e os caranguejos. Na praia passa um riacho de cor vermelha por causa das raízes das árvores do local. Tem que atravessar a pé mesmo com a água batendo na canela.

DSCN0370_Fotor_Collage4

Na volta, de tarde, que foi a surpresa! A maré sobe muito e o riacho que estava com água na canela simplesmente fica gigante e eu que sou baixa, só consegui atravessar nadando! Nem consegui tirar fotos porque o Filipe teve que atravessar com nossas coisas em cima da cabeça porque ele que é mais alto estava com água no pescoço!! Hahaha foi incrível. Mas depois descobrimos que tem um lugarzinho que tem uns barco para atravessar, pagando, lógico. Mas a gente quis se aventurar mesmo hahahaha.

Essa é a praia do Nativos e o mangue na volta, já coberto de água.De cima dá pra ver como o mar subiu e até mudou a cor do riacho. Mas o lugar é simplesmente lindo!

DSCN0424_Fotor_Collage5

Por últimos, fomos à Recife de Fora. É um recife de corais que fica a 5 milhas (~10km) da costa de Porto Seguro. Pela manhã a maré é muito baixa e dar pra ver os corais e andar, como se fosse uma ilha. O tempo vai passando, a maré subindo e os corais somem, ficando a uns 10 metros de profundidade.

Conseguimos um dia de maré zero, e só temos que pegar o barco e chegar lá as 7h da manhã. Tem que usar aqueles Crocs para não cortar os pés, e se você não tiver eles tem para alugar. Não serve chinelo pois tem que ser fechado.

Chegando lá dá para ver os corais (primeira foto). Lá no meio forma uma piscina onde os peixes ficam. É muito legal e muito diferente. Mas os guias pedem para o pessoal andar devagar e não nadar na piscina, pois suspende os sedimentos do fundo e a água fica turva. Uma pena que no nosso passeio o pessoal não respeitou e a água ficou bem turva! 😦

Mesmo assim, dá para ver os peixes e eles ficam nadando e batendo na gente! Muito bom. Na última foto, já estamos indo embora e os corais já estão completamente submersos. Já não estamos mais andando no seco.

DSCN0258_Fotor_Collage3

Enfim, essa foi a experiência de Porto Seguro. Passeios incríveis, lugares maravilhosos e as pessoas muito receptivas!

Amei conhecer e espero poder voltar lá em breve.

O que vocês acharam? Já conhecem? Conta aí.

Beeeijos.


Todas as fotos foram tiradas por mim.

Descobrindo o Brasil: Penedo – RJ

Oi pessoal, tudo bem?

Nessa época de férias, nada melhor do que viajar. não é mesmo?

Por isso, vim mostrar um lugar maravilhoso aqui no Rio de Janeiro, que tenho certeza, que muita gente não conhece: Penedo.

Penedo é um distrito e Parque Ecológico do município de Itatiaia, localizado na região sul do estado do Rio de Janeiro, Brasil. É a principal colônia finlandesa do Brasil fora da Região Sul, o que ainda se mostra marcante na arquitetura de residências e edifícios comerciais, bem como na cultura local. Suas tranquilas pousadas, seu clima ainda ameno, sua generosa fauna e topografia fazem de Penedo um oásis em meio ao crescimento e ocupação da região. (Fonte: Wikipédia)

Como se trata de uma colônia finlandesa, no centro de Penedo existe a Pequena Finlândia:

photo_2 (2)_Fotor_Collage

É como se fosse um shopping ao ar livre, e com as lojinhas todas temáticas e arquitetura finlandesa. É tudo muito detalhado e muito legal. Lá tem várias lojinhas de presentes e lembranças, além de lojas de chocolate e sorvete, claro! Aliás, esse é um ponto forte do lugar: Tem muuuuuito chocolate! Hehehe. Uma delícia.

O bom de Penedo, é que é um lugar muito tranquilo, onde a gente fica muito próximo da natureza. No verão, é possível aproveitar as mais lindas cachoeiras:

Cachoeira de Deus: é uma linda queda d’água com 15 metros de altura e um poço, que forma tipo uma praia, onde dá pra se refrescar bastante, já que a água é beeeeem gelada! hahaha. É preciso ter bastante cuidado, pois as pedras escorregam bastante. A água é cristalina e a natureza perfeita, com os barulhos dos pássaros. Um ótimo lugar pra quem quer relaxar e esquecer um pouco a bagunça das grandes cidades.

DSCN0490_Fotor_Collage

Cachoeira Três Bacias: Seguindo pela mesma estrada da Cachoeira de Deus, a Três Bacias fica um pouco mais acima. É um lugar mágico, e a minha preferida! É como se a natureza tivesse feito três grandes banheironas pra gente poder aproveitar bastante! Olhando de cima é assim:

20141027_143520_Android

São literalmente bacias, onde a gente consegue ficar lá dentro, sei lá, tipo uma piscina de criança, sabe? A água bate mais ou menos na cintura e como o volume de água não é tão grande, não fica tão gelada. É super divertida e relaxante ao mesmo tempo. Eu amei demais esse lugar! Olha só:

20141027_144342_Android_Fotor_Collage

É uma excelente opção pra fugir do calor e não encarar as praias lotadas, até porque Penedo fica a 600m de altitude e as temperaturas no verão são super agradáveis.

Já pra quem curte frio, é um ótimo lugar no inverno, porque conta com temperaturas bem baixas e muitas pousadas e hotéis super aconchegantes. Alguns são chalés e com lareiras, deixando um clima bem romântico!

É impossível não se apaixonar por esse lugar maravilhoso.

Já conhecem? Conta aí.

Beijos.


Todas as fotos foram feitas por mim. Perdoem a qualidade, mas algumas foram tiradas de celular e em dias diferentes 😉

Descobrindo o Brasil: Arraial do Cabo – RJ

Oi pessoal, tudo bem?

Sei que esse não é o foco do blog, mas é sempre bom fugir da rotina, não é mesmo?

Por isso, de vez em quando, vou trazer aqui alguns lugares do Brasil que já fui ou tenho vontade de ir.. E que merecem ser visitados, mas muita gente nem conhece.

Quem me conhece, sabe que o primeiro lugar é no Rio de Janeiro, e é a minha paixão: Arraial do Cabo.

Arraial do Cabo é um município na região dos Lagos do estado do Rio de Janeiro. A cidade é costeira, e tem uma altitude média de apenas oito metros. Fundado em 1503 pelo conquistador Américo Vespúcio, foi elevado a município apenas em 1985, após a emancipação de Cabo Frio. Tendo em 2014 uma população de apenas 28 866 habitantes segundo o IBGE. (Fonte: Wikipédia)

Por que não pode deixar de ser visitada? A resposta é:

DSC00068

Uma imagem diz mais que mil palavras rsrs. Essa foto é da Praia do Farol, que fica na Ilha do Farol, só dá pra ir fazendo o passeio de barco. Essa ilha é uma reserva e é eleita a segunda praia mais bonita do Brasil.

Tem muita coisa pra conhecer em Arraial, mas acho que os que mais se destacam são:

DSC00042_Fotor_Collage

A Gruta Azul e a Fenda de Nossa Senhora também ficam na Ilha do Farol, e acho que nunca vi natureza mais linda. As prainhas ficam no Pontal do Atalaia, dá pra ir de carro: Tem a subida do Pontal, que é de paralelepípedo, seguindo as placas não tem erro. É só ir subindo até chegar a parte de barro, que tem muita pedra e o acesso é bem diffícil, mas vale muito a pena. O carro fica lá em cima, e então é preciso descer para praia através de umas escadas de madeira. São muitos e muitos degraus e bem cansativo pra subir na volta. Mas o lugar é maravilhoso.

A Praia do Forno é do outro lado da cidade, com acesso pelo porto da Praia dos Anjos. Pra chegar lá, o carro fica por perto da praia dos Anjos, e depois é preciso ter disposição pra uma longa caminhada. A subida e descida por uma “trilha”  é cansativa e dura uns 15 minutos. Mas a beleza é encantadora.

Ali no porto, existem os passeios de barco, que custam em média de 40 a 50 reais por pessoa e dura em torno de 4 horas. No passeio, dá pra visitar todos esses lugares e tem um tempo pra ficar em cada praia. Existem também os “Taxi boats” que levam para as praias pelo mar, mas não tenho informação dos preços.

Para almoçar: na Praia Grande, tem alguns restaurantes e quiosques que são muito bons. Dica: Almoce peixe! É muito bom e fresquinho, afinal o lugar possui muita pesca.

DSC00220

Pra finalizar, essa linda imagem do pôr do sol, vista do alto do Pontal do Atalaia.

tem muitas outras coisas legais pra conhecer em Arraial, e ainda fica do lado de Cabo Frio que tem muitas atrações para a vida noturna. Isso é só um gostinho, pra quem não conhece esses lugares, não deixar de conhecer rsrs.

Queria chamar a atenção pra um assunto: A preservação! Daria pra acreditar, que numa perfeição da natureza como essa, existem pessoas que largam os lixos na praia ou até jogam no mar? Sim, isso acontece, e muito! Já cansei de ver e até me irritar com pessoas que deixam latinhas de cerveja e pacotes de biscoitos na areia.. Poxa gente, o mar vem e leva tudo! Já tiveram casos de tartarugas mortas com sacos plástico, porque comeram confundindo com algas! Então, tentem passar essa conscientização.. O meio ambiente agradece! 😉

Não será com muita frequência, mas de vez em quando vou trazer algumas idéias pra quem gosta de curtir nosso país. Curtiram esse tipo de post? Conta aí.

Beijos!


Fotografia: Todas as fotos foram feitas por mim.